Visualizar:

▼ Postagens (27)
  • animais

    26

    Jul
    26/07/2011 às 12h45

    cachorro
  • Rosa de Saron - menos de um segundo

    22

    Jul
    22/07/2011 às 12h11

    Esse caras são de arrepiar
  • Legião urbana - Tempo perdido

    14

    Jun
    14/06/2011 às 15h13

    Mais um video
  • Jquery desenvolvendo plugins

    14

    Jun
    14/06/2011 às 15h09
    VideoMais testes
  • Legião urbana - Metal contra as nuvens

    14

    Jun
    14/06/2011 às 15h04
    VideoLegiao metal contra as nuvens
  • Legião urbana - Tedio com um T

    14

    Jun
    14/06/2011 às 15h02
    VideoTedio com T
  • te

    06

    Jun
    06/06/2011 às 15h27

    tete

  • te

    06

    Jun
    06/06/2011 às 15h24

    tete

  • MySQL e o InnoDB Plugin - Performance e Formato de Arquivos

    06

    Jun
    06/06/2011 às 15h21

    Muitos administradores de bancos de dados, e também os muitos desenvolvedores que no início de vários sistemas desempenham essa atividade, já usam o InnoDB Plugin, por ele apresentar performance melhor em até 1600% em relação a versões anteriores, quando o servidor de bancos de dados MySQL ainda utilizava somente o InnoDB chamado de Built-in ou nativo.

    O InnoDB Plugin, além de performance muito melhor e também maior capacidade no tratamento de maior quantidade de transações concorrentes, com a melhoria continua do seu kernel, oferece compressão de dados e vários outros recursos que listo abaixo:

    • Fast Index Creation, que é, na verdade, a criação e a exclusão de índices de maneira muito mais otimizada, baseado na ordenação de índices da tabela que é target da alteração de sua estrutura;
    • Data Compression, o que permite que os arquivos de dados economizem I/O e espaço em disco;
    • Novas tabelas foram adicionadas ao INFORMATION_SCHEMA, na busca de prover melhor monitoramento de bloqueios e compressão de dados;
    • Gerenciamento do formato dos arquivos do InnoDB para que os tipos de arquivos sejam reconhecidos possibilitando a utilização tanto de formatos antigos quanto formatos mais atuais.

    Várias melhorias foram realizadas no InnoDB Plugin, tendo sua versão mais atual disponível no MySQL 5.5. Podemos ver abaixo o resultado de benchmarks que foram disponibilizados pela equipe de consultores e de engenheiros do MySQL Oracle para demonstrar as melhorias de performance do produto na versão 5.5, que atualmente é aquela que foi homologada para ser utilizada em produção.

    A imagem acima compara as versões anteriores do InnoDB com o novo InnoDB Plugin, uma abordagem bem interessante e com a comprovação do hardware que foi utilizado para gerar as linhas do gráfico com base nos testes realizado no MySQL Labs: um aumento de desempenho ou de performance de 364% em leituras e em escritas concorrentes.

    Se formos comparar o InnoDB PLugin que temos atualmente ao MyISAM, este que deixou de ser o Storage Engine padrão do MySQL, temos o seguinte cenário em relação à performance:

    No comparativo acima, entre InnoDB e MyISAM, percebemos que quanto mais cores são endereçadas ao InnoDB, mais desempenho é observado, enquanto que o MyISAM continua com a mesma performance, alinhada ao gráfico, sem quedas e nem subidas na linha que o representa.

    <h4>Formatos de arquivo</h4>

    O mais interessante dos recursos certamente foi a adoção mais explícita dos formatos de arquivos que atualmente estão mais evidentes, uma vez que dá ao MySQL mais performance e disponibilidade e entrega ao seu ambiente todos as melhorias que foram disponibilizadas pela Oracle na versão 5.5 do produto (aguardem comentários sobre esse quesito que farei, utilizando a versão 5.6, que em breve será entregue para utilização em produção).

    Quando se fala de formatos de arquivos, estamos falando do formato dos tablespaces, pois sua estrutura interna vem mudando e muito desde a versão 5.1, para que mais cada vez mais dados sejam suportados em relação à concorrência de operações e também na busca de melhorar a recuperação de dados.

    O formato de arquivo na versão Built-In do InnoDB é chamado de "Antelope", enquanto que o novo formato foi batizado como "Barracuda". O formato Antelope é um arquivo não nomeado internamente, no qual as tabelas utilizam o formato de linha COMPACT ou REDUNDANT, possibilitando que o InnoDB armazene 768 bytes para colunas com tipos de dados variáveis (VARCHAR, VARBINARY, TEXT e BLOB) uma entrada no índice B-Tree ou chave primária da tabela. Já o novo formato, o Barracuda, é utilizado para prover todos os novos recursos que o InnoDB Plugin entrega ao mercado e ao usuário final, e seu formato de linha pode ser DYNAMIC ou COMPRESSED.

    <blockquote>Para manter a compatibilidade entre bancos de dados que utilizam versões novas e versões antigas do MySQL, crie suas tabelas sem a opção ROW_FORMAT, informada no CREATE TABLE.   (Manual InnoDB PLugin)</blockquote>

    Interessante observar, então, que existem algumas ações a serem realizadas quando da migração entre versões mais antigas para a versão 5.5 do servidor de bancos de dados MySQL. Você poderá facilmente fazer isso através da utilização do mysqldump para backup dos bancos de dados da versão antiga e restore do arquivo de backup criado na versão 5.5. Mas, antes de efetuar o restore, algumas recomendações interessantes, são:

    • Alterar o valor da variável innodb_file_per_table para ser igual 1 (ou seja, habilitado);
    • Alterar o valor da variável innodb_file_format para BARRACUDA;
    • Reinicie o MySQL;

    Faça o restore dos dados a partir do seu backup e utilizando o MySQL Enterprise Backup ou o mysql client e, após isso, será necessário alterar o formato de linha, ou seja, a declaração ROW_FORMAT deverá ser igual à COMPRESSED ou DYNAMIC.

    A Oracle disponibiliza, além de suporte em português em que você fala direto com os engenheiros do MySQL, em ritmo 24x7, um time de consultores especializados e certificados no produto e também uma equipe de vendas pronta a atender ao cliente que deseja conhecer mais sobre a versão Enterprise e CGE do produto.

    Do ponto de vista dos negócios, o MySQL facilmente se encaixará na demanda interna de qualquer empresa, para suporte a sistemas de quaisquer tamanhos, visto que o MySQL só será limitado ao hardware utilizado. Quanto mais velocidade no processamento de escritas e recuperação de dados, mais velocidade para atender clientes, mais rápido uma empresa entrega seus produtos e sem perder qualidade e escala.

    Noticia na integra:http://imasters.com.br/artigo/20730/mysql/mysql-e-o-innodb-plugin-performance-e-formato-de-arquivos

     

  • Rosa de Saron - Mais Que Um Mero Poema

    03

    Jun
    03/06/2011 às 14h39

Ver postagens anteriores

Home |  Blog Grátis |  Hospedagem HTML Grátis |  Quem somos |  Parceria |  Anuncie |  Ajuda
Trabalhe no XPG |  Política de Privacidade |  Política de Segurança |  Denúncia © 2004-2017 XPG | Siga esta corrente